sábado, novembro 11, 2006

Dragões de Basto

A Casa do F C Porto - Dragões de Basto (Delegação nº 28) foi fundada em 17 de Março de 1995.
O início deste projecto teve lugar no dia 17 de Dezembro de 1994, num encontro de portistas Celoricenses, liderados por Francisco Manuel de Campos Magalhães Costa.
Efectivamente a década de 90 foi de grande expansão das delegações do FC Porto, e a de Celorico de Basto, no sentido de assumir a unidade e coesão da mística dragoniana, procura ser o grande "embaixador" do Clube na Região de Basto.
A primeira sede social dos Dragões de Basto foi no lugar da Venda Nova, em Britelo, posteriormente funcionou no 1º andar de um edificio na Avenida João Pinto Ribeiro e actualmente situa-se na Rua Serpa Pinto, onde é proporcionado aos sócios e simpatizantes, num ambiente de sã convivência, assistirem aos jogos em écran gigante.




De 1995 a 2000 esta colectividade foi presidida por Francisco Magalhães Costa (Fundador e sócio nº 1).










Joaquim Pinto de Vasconcelos, foi Presidente da Direcção dos Dragões de Basto de 2001 a 2004.







Actualmente o Presidente dos Dragões de Basto (2005/07) é Horácio Martins de Carvalho, que é acompanhado na Direcção por Fernando Teixeira, Joaquim Monteiro, Rui Sousa, Agostinho Andrade, José Lopes, Luis Lopes, Joaquim Ribeiro, André Cardoso, António Teixeira, Paulo Carvalho, Manuel Neiva e Carlos Moura.
A Assembleia Geral é constituida por Francisco Magalhães Costa, Gabriel Barros e Mário Reis. O Conselho Fiscal é formado por José Mesquita, José Lopes e António Lousada.
Das suas actividades regulares, constam algumas deslocações a jogos ao Estádio do Dragão, a organização de Torneios de Sueca, Snnoker, Jogos Natalícios e participação em Torneios de Futebol de Praia.


1 comentário:

Antonio Machado disse...

Foi com agradável surpresa que li este blog.
É, primeiro que tudo, de enaltecer um trabalho deste quilate, que ainda tem muito para dar e tenho a certeza que sim, que t6em a possibilidade de dar a conhecer a todos, sem excepção, a NOSSA TERRA, onde nascemos,fomos criados,e na qual nos sentimos bem ( algumas vezes não devido às obras não anunciadas ou mal programadas).
Aí tenho as minhas raízes mais profundas , aí gosto de estar, aí convivo com as necessidades e preocupações dos Celoricenses.
Para primeira participação neste blog só quero afirmar :
É BOM SENTIR GENTE EM CELORICO COM MEMÓRIA E PREOCUPAÇÃO DO FUTURO.
Obrigado por este espaço e cá estarei presente quamdo me fo possível.
CÉLORICO DE BASTO É A MINHA TERRA, MERECE SER CONHECIDA, E , FUNDAMENTALMENTE A SUA HISTÓRIA.

- ninguém progride sem HISTÓRIA.

Parabéns aos autores deste espaço e contém comigo, quando possível.
1 Abraço
António Machado